Postagens

Relatório de projeto do coordenador do GEPT discute relação entre escolaridade e horas de trablho no Brasil e no Distrito Federal

O Grupo de Estudos e Pesquisas sobre o Trabalho (GEPT-UnB) começa a divulgar relatórios de pesquisa do projeto de pesquisa "Périplo das horas laborais: Brasil e Distrito Federal", realizado com auxílio da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP-DF). O projeto é coordenado pelo coordenador do GEPT, professor Sadi Dal Rosso. O relatório trata da relação entre as jornadas de trabalho e níveis de escolaridade. O estudo foi realizado pelo professor Sadi Dal Rosso e pelo pesquisador Pedro Junio Lopes Santana.  Confira o relatório .

GEPT lança manifesto "Pela vida, por emprego, renda, pela preservação do meio ambiente e pelas liberdades democráticas"

SUBSCREVA O MANIFESTO AQUI . Passado um ano de seu início em 2020, a pandemia do Coronavirus-19 amplia a devastação tétrica promovida pela elite econômica e operada pelo governo federal sobre a sociedade brasileira. O Brasil se tornou pária mundial, a nação com pior desempenho, batendo recordes e superando outros países em novos casos e óbitos. Com uma política do Executivo Federal de omissão intencional e de potencialização da crise sanitária, pessoas morrem internadas e nas filas de centros de saúde e de hospitais. Além do trágico número de mortos pela Covid-19, a pandemia gera um impacto social devastador. O número de pessoas assalariadas que estão desempregadas é crescente, apontando para o risco da falta de meios de sobrevivência. Não há ocupação para as pessoas q ue vivem como autônomos e por conta própria. Para estes, o horizonte é a pobreza e mesmo a fome. Situação que se agrava cada vez mais diante da completa ausência de um plano de contenção da pandemia, a nível nacional